5 de mar de 2013

Ataques no Vale do Itajaí eram ordenados do Oeste do Paraná

Polícia Civil de Toledo prendeu no final da tarde de segunda-feira David Machado de Souza, acusado de ser o mentor de ataques criminosos em Santa Catarina

  Luiz Carlos da Cruz Os ataques que deixaram vários ônibus, carros e prédios públicos incendiados no Vale do Itajaí, em Santa Catarina, foram ordenados a partir de Toledo, no Oeste do Paraná, segundo informações do delegado Antonio Donizete Botelho, titular da 20ª SDP (Subdivisão Policial). No final da tarde desta segunda-feira (4), a polícia prendeu David Machado de Souza, 31, acusado de liderar a facção criminosa responsável pelos ataques.
Souza é foragido da Justiça catarinense e foi preso na casa do sogro, em Ouro Verde do Oeste. Antes da prisão, a polícia fez cálculos para evitar uma possível fuga ou reação do criminoso. Após ser preso, ele foi conduzido à cadeia pública de Toledo, mas segundo o delegado será transferido para uma penitenciária até que seja reconduzido para Santa Catarina.
Para a polícia, Souza negou participação nos crimes e afirmou que estava trabalhando com pedreiro na região. “Obviamente as informações da Polícia Civil de Santa Catarina são muito fortes. Há indicativos que comprovam a participação dele”, diz Botelho.
Segundo a polícia, além de ordenar os ataques, o suspeito recrutava pessoas para promover ações contra órgãos públicos e veículos do transporte coletivo. Ele também determinava regras para que os bandidos permanecessem unidos.

Nenhum comentário: