19 de jul de 2016

Lava Jato já recuperou 2,9 bilhões de reais

Mais de 100 pessoas já foram condenadas a penas que, somadas, ultrapassam os mil anos de prisão

Deflagrada em março de 2014, a Operação Lava Jato já conseguiu devolver aos cofres públicos 2,9 bilhões de reais por meio de acordos de colaboração, segundo dados do Ministério Público Federal.
As 32 fases da operação já realizaram mais de 643 buscas e apreensões, 175 mandados de condução coercitiva, 74 prisões preventivas e 91 prisões temporárias. Além disso, foram firmados 61 acordos de colaboração premiada com pessoas físicas, cinco acordos de leniência com empresas e um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com uma instituição financeira.

Ao longo das investigações, a Força Tarefa da Lava Jato já ofereceu 44 acusações criminais contra 216 pessoas pelos crimes de corrupção (ativa e passiva), organização criminosa, lavagem de dinheiro, formação de organização criminosa, crimes contra o sistema financeiro internacional, entre outros.
O número de condenações também surpreende e revela a magnitude da operação: foram 116 condenados – entre políticos, empreiteiros e lobistas – somando 1148 anos, 11 meses e 11 dias de pena. A maior pena já aplicada na Lava Jato foi para o ex-ministro José Dirceu, condenado a 23 anos e 3 meses de prisão pelos crimes de corrupção passiva, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

Nenhum comentário: