10 de fev de 2016

Será apenas sorte?


Com apenas 44 mil habitantes, Cerquilho coleciona ganhadores de loterias. E a fama de cidade pé quente tem atraído apostadores de fora

Fabíola Perez (fabiola.perez@istoe.com.br)
Af achada da loteria Boa Sorte, em Cerquilho, cidade a 143 quilômetros da capital de São Paulo, está repleta de anúncios de vencedores de jogos afixados. “Coloco um cartaz com todos os prêmios que saem, isso atrai os apostadores”, diz Marcelo da Silveira Leite, 52 anos, proprietário da lotérica. O dono da Boa Sorte garante que a fama de pé-quente da cidade vem desde agosto de 2007, quando o primeiro morador levou o maior prêmio da modalidade Loto Fácil, de R$ 1,6 milhão. Hoje, oito anos depois, outros prêmios reforçam a alcunha de capital da Mega-Sena. A disputada loteria de fim de ano, por exemplo, premiou em 2015 um morador de Cerquilho. O valor acumulado em R$ 246 milhões teve seis apostas vencedoras e, entre elas, um cerquilhense levou R$ 41 milhões. E na quarta-feira 27, outro apostador ganhou sozinho R$ 5,3 milhões na Quina.
LOTERIA-02-IE.jpg
ATRAÇÃO 
Desde o início do ano, quando um apostador levou o prêmio da Mega-Sena, 
o movimento na lotérica Boa Sorte, na cidade de Cerquilho (acima) aumentou 20%
LOTERIA-01-IE.jpg
A pacata cidade possui duas lotéricas para 44 mil habitantes. Um das estratégias que o proprietário Leite usa é a divulgação. “Quando cheguei, há 14 anos, não entendia nada de loteria e comecei a divulgar os prêmios intermediários, porque as pessoas só queriam jogar na Mega-Sena”, diz. Os últimos anos parecem ter sido de sorte grande. Um pintor, apelidado de Goiabinha, dividiu com outras cinco pessoas um prêmio de R$ 3,258 milhões e ganhou R$ 543 mil em maio de 2014. Em novembro de 2015, o mesmo apostador acertou a Quina da Mega e levou R$ 51 mil. No ano passado, segundo o dono da lotérica, foram 40 apostas que, juntas, levaram R$ 284 mil para os apostadores entre sorteios da Quina, Loto Fácil e Timemania. “Chego a estranhar tantos ganhadores, mas fiquei feliz quando a mega saiu para nós”, diz. Os jogos causam o maior alvoroço na cidade, que chega a receber moradores de municípios vizinhos, atraídos pela fama da capital das loterias. 

Nenhum comentário: