25 de nov de 2015

Planalto e PT já discutem novo nome para liderança do governo

Prisão do senador Delcídio do Amaral (PT) acontece num dia importante para o governo, que esperava votar nesta quarta-feira o projeto de alteração da meta fiscal

Estadão Conteúdo
palácio-do-planalto_wiki_483x303.jpg
 
Após a prisão do senador Delcídio do Amaral (PT-MS), o Palácio do Planalto e o PT já começam a discutir um nome para substituí-lo na liderança do governo no Senado.

Ainda atônitos com o que ocorreu, os senadores do PT se reúnem na manhã desta quarta-feira, 25, para avaliar a situação do correligionário. O senador José Pimentel (PT-CE), atual líder do governo no Congresso, deve acumular as duas funções temporariamente. Ele já teria sido chamado para conversar com a presidente Dilma Rousseff sobre o assunto.

A prisão de Delcídio acontece num dia importante para o governo, que esperava votar nesta quarta-feira o projeto de alteração da meta fiscal. O mais provável, diante do clima de estabilidade, é que a sessão do Congresso seja adiada.

O Supremo Tribunal Federal (STF) autorizou a prisão do senador petista depois que o Ministério Público Federal apresentou evidências de que ele tentava conturbar as investigações da Operação Lava Jato. Delcídio é o primeiro senador preso no exercício do cargo.

Nenhum comentário: