6 de abr de 2015

Dilma: 'Recuperação da Petrobras é uma luta minha'

Em cerimônia de posse do novo ministro da Educação, Renato Janine Ribeiro, a presidente afirma que a soberania brasileira depende da recuperação da empresa

Posse do ministro da Educação Renato Janine
Posse do ministro da Educação Renato Janine(Ueslei Marcelino/Reuters)
A presidente Dilma Rousseff afirmou nesta segunda-feira, na cerimônia de posse do novo ministro da Educação, Renato Janine Ribeiro, que a "luta pela recuperação" da Petrobras, envolvida em um grave escândalo de corrupção, "está em curso" e que dela dependem "a soberania e o futuro" do país. "É uma luta do governo e é uma luta minha, porque isso é o que interessa ao povo brasileiro", declarou.
Segundo Dilma, "o que está em jogo nessa luta em defesa da Petrobras e pelo controle do pré-sal é a soberania (nacional), o futuro do país e o futuro da educação". A chefe de Estado afirmou que, apesar do corte de gastos do governo para equilibrar as contas públicas, o orçamento do Ministério da Educação não será alterado.
Durante o ato, a presidente citou os planos do governo de destinar para a área de educação 75% dos royalties do pré-sal, enorme jazida de petróleo descoberta em águas profundas do oceano Atlântico, na costa do Sudeste. "Garanto que a necessidade imperiosa de promover ajustes na economia não afetará os programas essenciais e estruturais do Ministério da Educação", declarou Dilma.
Dilma explicou que baseado neste lema escolheu como novo ministro da área Janine Ribeiro, que dedicou toda sua vida à educação. Ele substitui Cid Gomes, que renunciou em março após discussões acaloradas no Congresso.
Janine, um filósofo de 65 anos, é professor titular da Universidade de São Paulo (USP) e foi membro do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico e do Conselho da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência, entre outros cargos.
(Da redação)

Nenhum comentário: