26 de mar de 2019

Após soltura de Temer e Moreira Franco, Bretas publica: 'silêncio é resposta aos tolos'

Juiz que determinou as prisões postou imagem com a frase em seu perfil em rede social e desejou bom dia 'aos cidadãos de bem'. Ex-presidente e ex-ministro deixaram cadeia na noite desta segunda-feira

Por O Dia
O juiz federal Marcelo Bretas
O juiz federal Marcelo Bretas -
Rio - Após a soltura do ex-presidente Michel Temer e o ex-ministro Moreira Franco, na noite desta segunda-feira, o juiz federal Marcelo Bretas publicou uma mensagem em sua rede social, na manhã de hoje. A imagem seguia de um desejo de bom dia para "os cidadãos de bem". 
"O silêncio é a única resposta que devemos dar aos tolos, porque onde a ignorância fala, a inteligência não dá palpites", diz o texto compartilhado pelo magistrado no Twitter. A postagem recebeu apoio dos internautas. 
Quatro dias após ser preso, o ex-presidente da República Michel Temer (MDB) foi libertado e deixou a sede da Superintendência da Polícia Federal (PF) no Rio de Janeiro às 18h43 desta segunda, em um carro particular, com escolta da Polícia Federal. Ele se submeteu a exame de corpo de delito na própria Superintendência da PF.
Além de Temer, também foi preso o ex-ministro Wellington Moreira Franco e as outras seis pessoas, por ordem do juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro. A decisão de libertá-los foi do desembargador Ivan Athié, do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2). Perante o TRF-2 foram impetrados na semana passada dois habeas corpus em favor de Temer e outros em favor de Moreira Franco e de outros detidos.

Nenhum comentário: