12 de ago de 2016

Morre policial da Força Nacional baleado no Complexo da Maré

Soldado Helio Vieira, que estava no Rio para a segurança dos Jogos Olímpicos, não resistiu ao ferimento na cabeça

Pouco mais de 24 horas depois de ser baleado na cabeça por traficantes da Vila do João, no Complexo da Maré, o soldado Helio Vieira, que integrava a Força Nacional de segurança no reforço de efetivo dos Jogos Olímpicos do Rio, não resistiu. Ele morreu na noite desta quinta-feira, no Hospital Salgado Filho, na Zona Norte do Rio de Janeiro. O anúncio foi feito pelo ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, em sua página pessoal do Facebook.
O ministro classificou o ataque como covarde e disse que o soldado Vieira é um verdadeiro herói do país. Moraes afirmou ainda que o presidente interino Michel Temer decretará luto oficial.
O soldado Vieira, que era de Roraima, e outros dois policias foram atacados quando entraram por engano no Complexo da Maré, conjunto de favelas que, de acordo com as promessas do governo do Rio de Janeiro, já deveria ter sido ocupado pelas forças de segurança. O capitão Alen Ferreira e o soldado Rafael Pereira, que também foram atingidos no ataque, voltaram para o alojamento da Força Nacional e receberam a visita do ministro.

Nenhum comentário: